Acabei o Terceirão! E agora?

 

Quem está acabando o 3ª ano do Ensino Médio ou acabou de sair dele, na maioria das vezes, traz um grade dilema existencial (pra não dizer angustia). É como se alguém em sua cabeça gritasse sem sessar:

E AGORA?

Primeiro é importante destacar que qualquer resposta que parece fácil como uma seta apontando seu caminho é a mais completa ilusão. Sim, encontrar essa resposta não é fácil! E sim novamente, a resposta que der a si mesmo agora (ou deixar que outro dê) vai impactar completamente todos (TODOS) os aspectos de sua vida futura.

Não estou ajudando?

– Sim, eu sei disso. Então vamos entrar um pouco na parte prática do dilema.

A maioria dos indivíduos que finalizam o Ensino Médio acabam por seguir um dos caminhos abaixo:

a – Entram no mercado de trabalho (ou continuam nele) sem tempo ou recursos para continuar os estudos.

b – Fazem um curso técnico (ou profissionalizante) visando o ingresso mais rápido ao mercado de trabalho.

c – Cursam uma faculdade (graduação) que lhes permita trabalhar em meio período para subsistir.

d – Cursam uma faculdade (graduação) que pode ser em tempo integral porque a família cobre suas despesas.

f – Digamos que aqui se enquadrem aqueles que não couberam em nenhum dos grupos acima.

Como diria o sábio “vamos pela ordem”:

– Se você precisa trabalhar para sobreviver e não tem meios de continuar seus estudos, provavelmente estará entre os profissionais incumbidos dos serviços mais pesados e pior remunerados. Nossa dica nesse caso: Corra para o ensino a distância! Essa modalidade de ensino torna possível cursar uma faculdade (graduação) ou mesmo um curso profissionalizante ou técnico valendo-se de suas horas vagas. Lembre-se, só você pode mudar sua realidade!

– Para quem precisa entrar rápido no mercado de trabalho, mas ainda dispõem de tempo para estudar, realmente os cursos técnicos e profissionalizantes são uma opção interessante (pondere também a modalidade a distância). A dica seria entender sua realidade. Comece tentando entender o que gosta de fazer, depois, busque entender da forma mais abrangente possível a sua realidade social do momento. Que profissional está em falta em sua região? Que tipo de profissionais encontram mais facilidade para arrumar uma vaga de emprego? E a média de salário? Vale apena fazer um curso que me dê condições de trabalhar como autônomo? Que serviço está sendo mais requisitado em minha região?

Ande, pesquise, busque informações.

– Agora, se você pretende trabalhar e fazer um curso superior (faculdade) ao mesmo tempo tenha em mente um curso possível de ser feito sem dedicação integral (parece meio óbvio). Dê preferência às opções que demandem menos tempo e custo de deslocamento (lembre-se, além de trabalhar e estudar também é preciso descansar).

Outro ponto importante é a duração dos cursos: Bacharelados costumam ter 5 anos de duração, Licenciaturas variam entre 4 a 5 anos e os Cursos Superiores em Tecnologia duram em torno de 2 anos.

Lembrando que para pessoas que trabalham (sobretudo pra quem já tem filhos) a educação a distância é a melhor opção. Você estuda no tempo vago, não perde tempo com deslocamento e o custo de ir e vir de uma faculdade presencial todos os dias, muitas vezes cobre o valor da mensalidade do curso EAD.

Espero ter ajudado, mas se você tem duvidas sobre qual profissão escolher, fique atento, estamos preparando um artigo pra te ajudar nesta escolha. E mais, nossos Psicanalistas estão preparando um teste vocacional inteiramente grátis que será disponibilizado no site do Instituto Superior!

Compartilhe com o mundo:
Acabei o Terceirão! E agora?
Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *