Imagine que você chegou a um planeta longínquo e exótico (só por um momento acredite que viagens espaciais sejam uma realidade). Lá tudo é diferente. Plantas, solo, céu, animais, casas, roupas, móveis, comida… Tudo é estranho e nada faz sentido pra você. Imagine que você não fala o idioma desse lugar e não existe uma só pessoa ali que fale sua língua.

Acredito que em uma situação dessas muitas pessoas sairiam correndo…

Então! A atmosfera nesse lugar também é diferente e por isso você não consegue se locomover. Tudo que é capaz de fazer é mexer seus membros, tentar rolar e emitir sons que ninguém entende.

Algumas “pessoas” se incomodam com seu barulho irritante, outras te ignoram. Você então experimenta diversas emoções e também sentimentos. Sente solidão, medo, fragilidade, incapacidade, fome, sede, calor (ou talvez frio), faz suas necessidades e um cheiro horrível deixa a situação ainda pior transformando aquela criatura incapaz (você) em algo ainda mais repulsivo (se os seus gritos já repeliam algumas “pessoas”, imagine agora com esse cheiro insuportável).

Nesse momento você percebe que aquelas criaturas estão ocupadas com seus afazeres e não têm a menor intenção de socorrer você. Agora, até os mais céticos olhariam para o céu pedindo a Deus que enviasse alguém que pudesse ajudar (caso você seja muito cético, pense que está pedindo para o Universo em vez de pedir para Deus).

Nessa hora de completo desespero Deus (ou o Universo) atende suas preces e uma daquelas criaturas se aproxima com olhar repleto de ternura e amor. Ela o limpa, troca suas roupas, alimenta você, te abraça fortemente e fala: – Meu filho! Fique tranquilo, eu vou cuidar de você e te ensinar tudo que sei sobre esse mundo.

Agora você está feliz e confortável e, mesmo não entende uma só palavra do que aquela criatura disse, é possível sentir a energia do amor. Essa energia traz segurança e a certeza de que você está em casa.

Acredite, você não vai querer saber se ela é negra, amarela, branca ou quem sabe, azul. Não vai importar se ela é nova ou velha, gorda ou magra, pobre ou rica, se tem religião ou partido político… Nada disso importa! Você sente que ela te ama com todas as forças e você também a ama, e sabe que amará pra sempre.

Nossos parabéns à todas as Mães!
(Biológicas ou não).
Que vocês tenham um feliz e abençoado dia das mães…

Acesse nosso site (www.institutosuperior.com.br), conheça o Instituto e nossos cursos à distância (EJA, Faculdade, Pós-graduação e Complementação Pedagógica.

Compartilhe com o mundo:
O que significa “Mãe”?
Classificado como:                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *